Críticas publicadas:

13/12/2013 - Folha de S. Paulo, Ilustrada, por Raquel Cozer
Veronica Stigger e Cintia Moscovich vencem prêmios literários da Biblioteca Naciona

O romance "Opisanie Swiata" (Cosac Naify), de Veronica Stigger, o livro de contos "Essa Coisa Brilhante que É a Chuva" (Record), de Cintia Moscovich, e o livro de poemas "Dever" (Companhia das Letras), de Armando Freitas Filho, estão entre os vencedores do Prêmio Literário da Fundação Biblioteca Nacional 2013. O livro de Cintia Moscovich já havia vencido, na semana passada, a categoria contos e crônicas do Prêmio Portugal Telecom.

No total, foram selecionados livros em nove categorias na premiação anual da Biblioteca Nacional. Concorreram obras inéditas publicadas no Brasil entre 1º de setembro de 2012 e 31 de agosto de 2013.

Karime Xavier /Folhapress
A escritora Veronica Stigger, premiada por "Opisanie Swiata"
A escritora Veronica Stigger, premiada por "Opisanie Swiata"
Também foram contemplados "Haicais para Pais e Filhos" (Galerinha Record), de Leo Cunha, na categoria infantil; "Marcéu" (Positivo), de Marcos Bagno, na categoria juvenil; "O Sujeito na Contemporaneidade" (Civilização Brasileira), de Joel Birman, como ensaio social; "A Tradução Literária" (Record), de Paulo Henriques Brito, como ensaio literário; "Contos Maravilhosos Infantis e Domésticos" (Cosac Naify), dos irmãos Grimm, na categoria projeto gráfico (por Flávia Castanheira); e "Mrs. Dalloway" (L&PM), de Virginia Woolf, pela tradução de Denise Bottmann.

O vencedor em cada categoria leva R$ 12.500.

Quatro dos nove vencedores foram obras publicadas por editoras do grupo Record --que, no ano passado, teve praticamente todos os títulos inabilitados por irregularidades no cadastro do ISBN (código internacional que identifica livros). Neste ano, a editora regularizou sua situação no cadastro.


<<voltar